BODRUM E KÓS – COMO IR DA TURQUIA PARA A GRÉCIA

por | nov 18, 2015 | Grécia

Saímos de Pamukkale às 16:00 e chegamos em Bodrum depois das 22:00, graças ao ônibus pinga pinga que pegamos sem querer. Pegamos um táxi na rodoviária e fomos direto para o nosso hotel (Sariyas Hotel). 

BODRUM

O nosso hotel era lindo, pena que nem conseguimos aproveitar, já que no dia seguinte bem cedo tínhamos que pegar o ferry para Kós.

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (2)

Deixamos nossas coisas no hotel e o recepcionista nos indicou um restaurante ótimo nas redondezas. O restaurante possuía transfer incluso, buscava a gente no hotel e depois devolvia, então decidimos arriscar. O nome do restaurante era Demeter Restaurant, quase certeza que foi nesse, esqueci de anotar o nome no dia!

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (3)

O lugar era bem bonitinho e nós estávamos famintos, pedimos um vinho branco para relaxar enquanto a comida não chegava.

Bodrum e Kos 1

Eu pedi um prato com frutos do mar grelhados e o Dan pediu uma massa de frutos do mar, tudo estava MUITO bom!

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (5)

Foi a única coisa que fizemos em Bodrum, mas ficamos com vontade de ficar mais, a cidade pareceu ser bem charmosa e o mar é incrível. Fica no litoral da Turquia, bem pertinho da Grécia, da próxima vez quem sabe a gente consiga aproveitar melhor!

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (6)

No dia seguinte tomamos café da manhã (olha o pepino e o tomate ali) bem cedinho e fomos para o porto pegar o ferry. Fomos alertados de que Kós estava lotada de refugiados da Síria e que a situação não estava muito legal por lá, mas era a única forma de ir para Santorini, não achamos nenhuma opção boa de vôo e as rotas de ferry são bem complicadas.

KÓS

É uma ilha grega que está a apenas 4 km da costa de Bodrum. Pela proximidade da Turquia, a ilha está sendo ponto de chegada dos refugiados de guerra. Fizemos o trecho de ferry em 20 minutos, chegamos lá às 9:30 da manhã e o nosso ferry para Santorini era às 19:45 do mesmo dia. Então deixamos as malas em um locker (uma lanchonete do lado do porto, pagamos 3 Euros por mala) e aproveitamos para andar e conhecer a ilha.

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (7)

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (8)

2

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (9)

O dia estava delicioso, um sol lindo com um ventinho refrescante, andamos bastante e fomos conhecer o mar. As praias não são iguais às do Brasil, a areia não é branca e fininha, é tudo pedra. Não dá vontade de deitar e ficar torrando na areia, mas temos que confessar que a cor da água não deixa a desejar.

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (11)

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (12)

Fomos almoçar na pracinha principal em um restaurante chamado Agora Grill, era um dos mais indicados e parecia ser confiável. O Dan já não estava muito bem das salmonelas turcas, então precisávamos tomar cuidado. O prato cuidadoso dele foi: churrasco de carne com frango e porco, batata frita e molho de iogurte, imagine se ele estivesse se sentindo bem. Depois percebemos que a escolha do prato foi um grande erro hahaha. Eu pedi uma salada grega, estava bem gostosa, mas queria menos tomate e mais queijo feta <3.

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (13)

Depois do almoço sentamos em um café para experimentar o nosso primeiro iogurte grego verdadeiro. Tirei duas fotos para registrar, porque foi o melhor iogurte que já comi na vida, não existe nada igual para vender no mercado, não chega nem perto de qualquer iogurte que já comi. Ainda era servido em uma taça bonita com mel e nozes!

Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (14)

1

Andando pela beira da praia nos deparamos com dezenas de barracas e muitas pessoas em volta, vimos que eram refugiados e que eles estavam acampados ali porque não tinham para onde ir. Muitas pessoas morreram no caminho tentando fazer a travessia para a Europa, mas os que conseguiram estavam tentando sobreviver. Eles conseguiram chegar na Grécia, mas como são ilegais, não conseguem sair, também não conseguem trabalhar para ganhar dinheiro, então a situação é bem complicada.  Não tiramos fotos, mas praticamente a ilha inteira estava tomada por refugiados, eles ficavam sentados nos banquinhos da praça esperando o tempo passar. Foi muito triste ver mulheres, crianças, homens e idosos, todos ali sem ter para onde ir e sem ter sequer dinheiro para comer. Imaginem quão ruim é a situação no país deles, para essa ser considerada a melhor opção.

Depois de ter conhecido a ilha, pegamos as nossas malas e fomos para o porto novamente. Tinha uma parte separada para os turistas aguardarem os ferrys, nós sentamos ali e ficamos sentados esperando. Cada vez que chegava um, os refugiados entravam nessa parte para tentar embarcar junto. O tempo inteiro a polícia tinha que entrar, perguntar quem era Sírio e tirar eles dali. Alguns até tinham dinheiro, conseguiam comprar o ticket, mas não conseguiam embarcar.

Às 19:30 o nosso ferry chegou, juro que era maior que o Titanic. Tá, não juro, mas era MUITO grande. Sentamos em um café que tinha no segundo andar, pegamos uma mesa e nos instalamos ali, só íamos chegar 1am em Santorini então pegamos um lugar confortável para conseguir descansar. De onde estávamos conseguíamos ver as pessoas tentando entrar no ferry. Depois que todos os turistas entraram, eles liberaram os que tinham ticket.

    Bodrum e Kos - Grécia e Turquia (1)

Quando paramos em Santorini, quase ninguém desceu, não sei para onde o ferry ia depois, mas a maioria das pessoas continuou lá dentro. Estávamos muito felizes de chegar, pegamos um táxi no porto e fomos direto dormir para aproveitar o dia seguinte!

Renata é a criadora do blog, tem 27 anos e mora em Curitiba. É formada em Publicidade e Propaganda, pós-graduada em Marketing Digital e gosta de escrever sobre viagens, estilo de vida e veganismo . Tenta sair sempre da zona de conforto e das rotas turísticas, o objetivo é explorar cada cultura e dar dicas legais para pessoas que se identificam. Criou o blog com o objetivo de inspirar as pessoas, compartilhando fotografias lindas, dividindo seus hábitos e dando dicas de lugares que precisam ser conhecidos.

Relacionados

Comments

comments