Deli, cultura e loucura na capital da Índia

por | mar 25, 2017 | Índia

Saímos de Curitiba no dia 6 de outubro, fizemos um voo de 40 minutos até SP, esperamos algumas horas e depois fizemos mais um voo de 15 horas para Dubai. Chegando em Dubai, esperamos mais 6 horas e voamos por mais 4 horas até Deli. Não sei se a conta bateu, sou de humanas, só sei que nosso trajeto demorou mais de 32 cansativas horas. Por conta de todos os fusos, chegamos de manhã, então já começamos emendando a nossa chegada com muita programação.

Conhecendo Deli

Primeiro visitamos Bangla Sahib Gurudwara (maior templo sikh da cidade) e sua cozinha, que oferece 10.000 refeições gratuitas para pessoas de qualquer religião ou casta. Também passamos pelo Red Fort e fomos conhecer Nova Deli, com suas avenidas largas e arquitetura colonial inglesa, incluindo o Parlamento e a Porta da Índia. No dia seguinte visitamos a Jama Masjid, segunda maior mesquita do mundo, passeamos a pé pelas ruelas da cidade velha e fomos conhecer o Raj Ghat, Memorial a Mahatma Gandhi. No final do último dia, visitamos Qutab Minar, a Torre da Vitória. Sugiro que vocês estudem um pouco sobre cada lugar antes de irem, ainda mais se optarem por não contratar um guia.


Salaam Baalak Trust City Walk

No dia seguinte fizemos um walk tour chamado Salaam Baalak Trust. Esse passeio é uma caminhada de 2 horas pela cidade, guiada em inglês por crianças que costumavam viver nas ruas. Essa experiência é uma ótima imersão cultural e você ainda ajuda a instituição, que só consegue resgatar tantas crianças graças ao turismo. Durante o passeio eles explicam sobre a realidade da Índia e sobre as milhões de pessoas em situação de miséria, a maioria envolvida com drogas. O passeio é um choque de realidade, é muita tristeza e muita pobreza, mas também tem muita esperança.


Aula de Culinária e jantar típico

Nós adoramos fazer esse tipo de imersão durante as nossas viagens, é muito bom para conhecer a fundo a cultura do lugar e não existe forma melhor de fazer isso do que experimentando a gastronomia local. O curso era de culinária indiana e vegetariana e quem deu a aula foi a Neha, que oferece essa experiência na própria casa da família. Aprendemos a fazer mais de 8 pratos diferentes, entre eles: pães tradicionais, legumes com curry, batatas e muitos molhos. Depois de fazer, sentamos para comer. Comemos, bebemos cerveja indiana e conversamos muito sobre viagem. Foi incrível!

Choque Cultural e Confissões

Deli foi o nosso primeiro contato com a Índia e nós tivemos algumas primeiras impressões e percepções. As ruas são muito sujas e existem muitos mendigos. Quando chegamos já fomos instruídos a não dar esmola, se você dá para um, aparecem 50. Infelizmente é verdade e dava muita dor no coração presenciar tanta pobreza. O contraste é enorme, você visita templos, mesquitas e construções gigantescas, mas do lado de fora existem milhões de pessoas passando fome e morando nas ruas. Os indianos buzinam o tempo in-tei-ro, em qualquer parte da cidade, em qualquer horário, em qualquer situação. Para eles é comum e ninguém se assusta ou se incomoda. Para nós, era enlouquecedor. Algumas pessoas que moram em cidades pequenas nunca viram estrangeiros na vida. Nós somos MUITO diferentes para eles, então muitos vão te encarar e alguns até vão pedir para tirar foto.

Mas calma, não se desanime, também tivemos surpresas maravilhosas. Os indianos, em sua grande maioria, são muito pacíficos e bondosos. Conhecemos pessoas incríveis. Percebi que, apesar da situação do país, eles seguem cheios de esperança e ensinamentos de felicidade. Eles levam a religião (hinduísmo) muito a sério e isso faz com que eles tenham fé e não desanimem. Se tem uma lição que podemos aprender com eles é dar valor para as coisas simples da vida. A Índia é um país de muita história e muita perda, um país que foi explorado por muitos outros e agora tenta se reerguer.

Renata é a criadora do blog, tem 26 anos e mora em Curitiba. É formada em Publicidade e Propaganda e pós-graduada em Marketing Digital, já estudou moda e é apaixonada por viagens e vida saudável. Tenta sair sempre da zona de conforto e das rotas turísticas, o objetivo é explorar cada cultura e dar dicas legais para pessoas que se identificam. Criou o blog com o objetivo de inspirar as pessoas, compartilhando fotografias lindas, dividindo seus hábitos e dando dicas de lugares que precisam ser conhecidos.

Relacionados

Comments

comments